Discos voadores existem. São máquinas sofisticadas concebidas, projetadas e construídas por seres pertencentes a civilizações mais avançadas do que a humanidade terrestre. São veículos espaciais que servem como meio de transporte entre diferentes planetas do universo. A engenharia dessas máquinas, certamente, é extremamente mais complexa que a empregada na construção de nossas próprias espaciais, mais limitadas. Mas nem por isso são totalmente infalíveis. Quando em missão em nosso mundo, já se acidentaram inúmeras vezes. Tais quedas que vêm acontecendo desde a Antiguidade, segundo registros históricos, mas foi a partir das décadas de 40 e 50 que se acentuaram.

Entre os casos mais conhecidos estão Roswell, acontecido no Novo México em 1947, e Varginha, ocorrido em Minas Gerais em 1996. Além desses, centenas de misteriosas quedas de veículos espaciais não identificados têm sido registradas pelas autoridades, que quase sempre as acobertam e mantêm afastadas da curiosidade pública. Na maioria dessas ocorrências, os infelizes tripulantes de tais veículos foram encontrados mortos. Mas, em algumas delas, ficaram vivos por horas ou dias.

Este livro é a primeira iniciativa brasileira a registrar sistematicamente informações existentes na literatura ufológica mundial a respeito de tais acidentes. Dezenas de quedas de UFOs verificadas em praticamente todo o planeta estão descritas e analisadas nesta obra. Seu autor, Thiago Luiz Ticchetti, lançou mão de uma intensa pesquisa bibliográfica, uma profunda busca na Internet e uma exaustiva analise dos fatos, a fim de compilar um documento que servisse de referência sobre acidentes com naves espaciais extraterrestres na Terra. Quedas de UFOs é este documento, mais uma pioneira iniciativa do Centro Brasileiro de Pesquisas de Discos Voadores (CBPDV) e de sua publicação, a Revista UFO.

 


 

Entre em contato para solicitar o seu: